Notícia

Temporada de praia promete aquecer comércio de Palmas

  • 10 de julho de 2018 - 18:03
Foto: Secom/Tocantins

 

O mês de julho no Tocantins é marcado pela alta temporada de praias. Em Palmas, capital do estado, moradores e visitantes de diversos lugares do país de divertem à beira lago. Praia do Prata, Praia das Arnos, Praia da Graciosa, são algumas opções. Além de se refrescarem, os banhistas também auxiliam na economia da cidade.

 

Conforme registrado pelos dados da CDL Palmas, o mês de julho fomenta ainda mais o setor de vendas da Capital, seja pela compra de itens de pesca, náutica, alimentos e bebidas, ou mesmo pelo setor hoteleiro. No ano passado, as vendas no mês de julho tiveram um aumento de 8,4% e o número de negativados caiu 34%. Para Silvan Portilho, presidente da CDL Palmas, a expectativa é que neste ano seja ainda melhor. “Nós sabemos que o país vem enfrentando um momento difícil na economia, mas a CDL trabalha para que nossa Capital se mantenha estável. Acreditamos que o nosso comércio tem potencial para crescer. Para esta temporada de praia, esperamos que as vendas sejam muito boas”, ressaltou.

 

Para o associado da CDL Palmas Raimundo Coelho, 49 anos, que é proprietário de uma loja que comercializa artigos de pesca, camping e náutica, o mês de julho costuma ser bom para as vendas.”Nesta primeira semana ainda não houve aumento, o que é bastante atípico para nós desse ramo. Acreditamos que a Copa e as eleições suplementares foram os motivos que  afetaram o comércio, como agora já está tudo normalizado, a expectativa é que as vendas aumentem. Pretendemos vender muito até o fim da temporada, até realizamos eventos para fomentar as vendas dos nossos produtos”, disse.

 

De acordo com Fátima de Jesus, 1ª Secretária da CDL Palmas, e proprietária de uma rede de supermercados, a expectativa para este verão é boa. “Nós sempre vendemos bem no mês de julho, é uma época muito boa. Para este ano, não é diferente. As pessoas já começaram a providenciar os produtos para curtir as praias de Palmas”, disse. Ainda segundo a empresária, os produtos mais procurados nesta época são cerveja, gelo, carne e refrigerante. “A venda de caixas de isopor também cresce bastante neste período”, finaliza.