Presidente Comenta: Dia do Trabalho e os novos rumos do mercado

  • 01 de maio de 2019 - 10:56



Silvan Portilho, presidente CDL Palmas
 
Para muitos, dizer que o mercado de trabalho mudou pode soar como repetitivo. Diariamente, vemos artigos, matérias, vídeos, que nos dizem que a tecnologia e a globalização reconfiguraram a forma de trabalhar. No entanto, muito se ouve e pouco se reflete, prova disso é a quantidade alarmante de desempregados. E isso não está restrito aos grandes centros internacionais, Palmas, capital do Tocantins, no norte do Brasil, já sente esse impacto de perto.  
 
Levantamos então um questionamento: realmente não tem mais emprego? A resposta, é claro, não é tão absoluta, mas podemos dizer que há sim postos de trabalho, talvez não para todo mundo, mas para grande parte. O mundo mudou. As empresas não estão mais em busca de empregados que ofereçam apenas sua mão de obra. Agora, os especialistas é que têm vez. Pessoas que buscam capacitação e novos horizontes, são as inseridas no mundo do trabalho.
 
Os grandes empregadores não são mais empresas multinacionais com pessoas sentadas em escritórios, é agora um novo mercado que tem gente em busca de inovação. Hoje, a criatividade, a autonomia e a capacidade de antecipar riscos são virtudes extremamente procuradas em profissionais. Podemos citar como exemplo os aplicativos de transporte. Há 20 anos, jamais imaginaríamos que para fazer um trajeto bastaria chamar pelo celular, com um suporte de segurança, com pessoas avaliando por meio de “estrelas” os motoristas. 
 
Hoje, muitas pessoas que há algum tempo estavam em busca de emprego, hoje ocupam os novos cargos criados. São entregadores de aplicativo de delivery, motoristas de aplicativo, ou seja, pessoas que viram a nova configuração do mercado e se qualificaram. Outro exemplo prático: as redes sociais. Elas surgiram como entretenimento, mas alguém viu nelas um potencial de trabalho e as transformou tanto que hoje existem pessoas com cargos só para isso nas empresas. Muito além disso existem empresas criadas só para gerenciar essas redes, surgiu então um novo perfil profissional e um novo ramo de atuação.
 
A comunicação e o acesso à informação vem, diariamente, revolucionando a maneira de trabalhar. Se manterão no futuro aqueles que têm e buscam a capacidade de criar soluções, de inovar, de não ficar preso ao “bater ponto”. Pessoas que não se limitam às quatro paredes de um escritório: o mundo do trabalho é delas. É preciso pensar fora da caixinha. Se a tecnologia por um lado mudou o mercado, por outro ajuda os que estão de fora a buscar meios de voltar. 
 
Como podemos ver pelo programa CDL+Empregos, há uma grande quantidade de pessoas que querem trabalhar, mas não estão preparadas para isso e para o novo mercado que se instaurou no mundo. Por isso, nesse Dia do Trabalho, a CDL Palmas diz: busque a inovação, que o mundo do trabalho está lhe esperando.